Blog

{Gratidão} Sobre o BootCamp Deep Inside

Eu e a minha sócia/amiga Rafaela (ou seria minha irmã gêmea separada no nascimento?) fomos convidados para participar do Boot Camp Deep Inside, um evento incrível, com um formato único onde pudemos falar sobre carreira, nossos valores humanos e sobre SINTONIA, o tema que o Rubens Vieira escolheu como tema da nossa palestra.

Impossível, simplesmente impossível descrever em palavras o que significou vivenciar esses últimos dias com aqueles profissionais incríveis, seres humanos de uma generosidade e donos de uma luz que poucas vezes tivemos a chance de compartilhar. Mais difícil ainda é encontrar palavras para agradecer pela oportunidade. Foi uma honra e um privilégio fazer parte de um evento com esse propósito e com essa energia entre as pessoas. Estamos ainda "digerindo" tudo o que vivenciamos e sentimos...tanta coisa ainda ecoando nas nossas mentes e nos nossos corações que ainda está difícil fazer um post a altura.

 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

"As pessoas se atraem por afinidade, mas permanecem juntas por sintonia."
Essa foi uma das frases chave da nossa apresentação.

 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Sintonia não é "atingir o nirvana", na verdade não é um estágio que se atinge: é uma tarefa diária. Uma tarefa que exige dedicação e o único ingrediente fundamental de toda relação entre pessoas, não importa qual seja essa relação: o amor.

Em vários momentos, tanto na criação e concepção do Alma de Fotógrafo como na formatação da própria palestra, passamos por momentos onde não estávamos nem um pouco sintonizados. E na luta por encontrar novamente a sintomia – e porque não dizer, até o próprio desfecho da palestra – descobrimos que momentos felizes, memórias alegres e as coisas boas que vivemos são como arquivos que podemos acessar a qualquer momento e são combustíveis poderosos para recuperar a sintonia.

E foi nesse slideshow com fotos despretensiosas que fizemos um do outro enquanto andávamos pela Vila Madalena, que encontramos forças para continuar. Foi a maneira que encontramos de nos conectarmos com a gente mesmo e trazer de volta a nossa sintonia.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Fotografia: Caio Braga e Rafaela Zakarewicz
Musica: "Born Blind" (Emily Wolfe)