Blog

{Uma tarde com o meu irmão}

[Lomo LC-A    |   film negativo ISO 400 Puxado um Ponto]

Sábado fui visitar meu irmão. Nos encontramos na Lomography da Augusta e, depois do almoço e alguns choppinhos, fomos tomar um expresso e continuar o papo na casa dele. Papo esse que já começou naquela de emendar um assunto no outro e de falar 10 coisas ao mesmo tempo...coisa de irmão ou velho amigo.

(no meio disso tudo, carreguei o filme na câmera)

É muito louco o quanto a gente pensa diferente, o quanto os nossos gostos e estilos de vida são quase opostos – apesar de nós dois morarmos numa grande cidade – e o quanto a gente se entende, se respeita, se admira, se dá bem e aprende o tempo todo um com o outro. E claro, a gente também tem um monte de coisas em comum. Foram poucas horas que a gente passou juntos ali e foi suficiente pra darmos altas risadas: da vida...da gente mesmo...e a verdade é que depois de alguns chopps a gente já tava mesmo rindo de qualquer coisa.

Esse é você, meu irmão: esse cara sossegado por fora, inquieto por dentro e cheio de atitude.

Quando lembro que quase te perdi, meu peito ainda dói e meus olhos enchem de lágrima...é punk...mas isso só me faz sentir mais grato por terem colocado você nesse mundo como meu irmão e grato por você continuar existindo na minha vida. (E simbora que tem muito sonho pela frente pra gente realizar.)

Te amo, moleque!

montagem.jpg